Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Com gol de Cristiano Ronaldo, Real massacra Betis e alcança líderes

Sevilla (Espanha)

A conquista da Bola de Ouro da Fifa, na última segunda-feira, parece ter feito muito bem a Cristiano Ronaldo. Se já havia deixado a sua marca no duelo diante do Osasuna, na quarta, pela Copa do Rei da Espanha, o português voltou a balançar as redes neste sábado. Desta vez, a vítima foi o Betis, que, mesmo jogando dentro de casa, foi superado por 5 a 0, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Espanhol. O resultado fez com que os merengues alcançassem os mesmos 50 pontos dos líderes Barcelona e Atlético de Madrid, que ainda entram em campo no domingo.

Cristiano Ronaldo mostrou seu cartão de visitas antes mesmo de o cronômetro ultrapassar a marca dos dez minutos. Aos nove, o português arrancou pelo meio, livrou-se de dois marcadores e soltou uma pancada de fora da área. Ao melhor estilo ‘folha seca’, a bola seguiu uma trajetória reta e morreu no ângulo esquerdo de Stephan Andersen, que sequer se mexeu. Foi o 21º gol do atacante no Campeonato Espanhol. O 31º em 26 jogos na temporada. Todos os jogadores do time correram para abraçá-lo.

A partir daí, o Betis, que antes do gol já não representava perigo à equipe da capital, sentiu o tento e passou a se fechar no campo de defesa. Atraído, o Real Madrid foi para cima, e o segundo gol passou a ser questão de tempo. Aos 24, Gareth Bale, maior contratação da história do futebol mundial, cobrou falta com categoria e viu a bola desviar na barreira antes de beijar a rede do arqueiro adversário que, novamente, apenas admirou o lance, estático. Antes disto, Ronaldo quase havia ampliado o marcador após outra grande jogada individual.

AFP
Eleito o melhor jogador do mundo na última segunda-feira, Cristiano Ronaldo anotou mais um golaço neste sábado

Mesmo após o segundo gol, o Real não diminuiu o ritmo e seguiu pressionando. Benzema chegou a anotar o terceiro, mas a arbitragem assinalou impedimento. O lance acordou o Betis, que levou perigo com Molina e o brasileiro Léo Baptistão, emprestado pelo Atlético de Madrid, mas não diminuiu o placar. Assim, acabou castigado. Aos 45, Modric invadiu a área, deu um corte seco no marcador e achou Benzema livre para marcar o seu 100º gol com a camisa blanca. O jogo estava definido antes do intervalo. O Real fizera um gol a cada 15 minutos.

O início da segunda etapa, assim como o da primeira, foi de pura pressão dos madridistas. Antes dos dez minutos, Dí Maria, Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema já haviam exigido boas intervenções do goleiro Andersen. Aos 16 minutos, porém, o arqueiro não foi capaz de evitar o quarto gol do Real. Dí Maria aproveitou rebote de cobrança de escanteio, calibrou a canhota e fuzilou de primeira no cantinho. No último minuto, Álvaro Morata, após rebote de uma finalização de bicicleta de Cristiano Ronaldo, sacramentou a goleada: 5 a 0.

Com o resultado, o Real Madrid segue na terceira colocação, mas agora com a mesma pontuação dos dois líderes, Barcelona e Atlético de Madrid. As duas equipes da ponta, no entanto, ainda entram em campo no domingo e podem voltar a abrir três pontos de frente. Na próxima rodada, sábado, os comandados de Carlo Ancelotti recebem o Granada, no Santiago Barnabéu. Antes disto, porém, visitam o Espanyol, na terça-feira, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei da Espanha.

AFP
Muitas vezes criticado pela exigente torcida merengue, Karim Benzema fez o seu 100º gol com a camisa do Real

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade